Pesquisar este blog

Ateliê municipal recebe o trabalho cubista de René Ragi

O artista plástico que tem suas origens no Egito encontrou no ateliê municipal um espaço para realizar suas obras


Um imigrante egípcio que utiliza das técnicas do cubismo para transmitir suas expressões e conceitos para as telas que produz. Esse é René Ragi, um artista plástico reconhecido internacionalmente e que reside em Araçatuba desde os anos 1980. Por conta de seu enorme prestígio nos Estados Unidos, são constantes as viagens realizadas por ele entre Araçatuba e Nova Orleans (local em que foi radicado), criando, assim, uma ponte aérea internacional de sua arte deslumbrante.


Formado em engenharia operacional, antes de se dedicar às artes visuais de maneira intensa, René Ragi, trabalhou em diversas multinacionais como Ford e Dedine. E, após se mudar para Araçatuba, encontrou nas artes o sustento da sua família. Hoje, ele tem seus quadros encomendados por médicos, advogados, dentistas e professores universitários.

Com longos anos de carreira dedicados às técnicas das artes visuais, Ragi encontrou em Araçatuba o lugar ideal para realizar seus trabalhos. Ele lembra que, em meados de 1989, sua arte foi valorizada e, constantemente, requisitada por araçatubenses influentes como Genilson Sanche na realização de um evento que reuniu vários artistas plásticos, shows e demais apresentações.

O Jazz é um dos temas que mais tomam conta da arte de René
Com preferência pela técnica de pintura cubista, arte que trata as formas da natureza por meio de figuras geométricas, representando as partes de um objeto no mesmo plano, René faz seu trabalho com uma perfeição e técnica admirável.

ESPAÇO PÚBLICO
O espaço físico de sua casa estava impossibilitando-o a realizar novos trabalhos, o que exigiu um novo local para suas atividades. Ao entrar em contato com a secretaria, ele reavivou um antigo projeto que vinha sendo batalhado há algum tempo.

Com um espaço cedido pela Secretaria Municipal de Cultura, René é pioneiro na utilização de um espaço que abrigará o ateliê municipal de arte, localizado no Parque da Fazenda do Estado, onde artistas plásticos araçatubenses que estejam cadastrados na secretaria poderão utilizar para realizarem suas obras e ministrar aula aos interessados. O espaço também é aberto aos moradores interessados em conhecer os trabalhos e aulas que serão ministrados no local.

Painel pintado pelo artista no Colégio Anglo de Araçatuba
A ideia de se montar um espaço nesses moldes é antigo e tem origem no período em que o atual diretor de cultura, Henry Mascarós, ainda presidia o Conselho Municipal de Políticas Culturais. "Essa ideia nasceu lá atrás, mas só agora tive a oportunidade de concretiza-lá. A atual gestão abraçou a causa e colocou o projeto em andamento. É um avanço para a categoria de artes visuais, da qual eu orgulhosamente faço parte", frisa emocionado o diretor.

NECESSIDADE DE UNIÃO
Segundo René, os artistas plásticos da cidade se encontram desunidos, mas que uma intervenção da Secretaria Municipal de Cultura fará com que eles se integrem e realizem atividades voltadas para o setor. Sobre a recém-formada Associação Mãos da Noroeste, ele destaca que é uma iniciativa que pode acabar com esse distanciamento dos artistas da classe visual e que, futuramente, pode reunir, de fato, todos os que estão envolvidos no setor. "Eu acho que se tiver lá no centro uma concentração para que os artistas pudessem vir discutir e conversar, seria muito bom", enfatiza René.

No novo ateliê municipal, René Ragi já produziu mais de 35 obras. Para ele, algumas modificações na estrutura do local farão com o espaço se torne atraente e aconchegante para um número maior de pessoas. São frequentes os que entram em contato com ele para aprender pintura, porém, a falta de espaço em sua casa, até o presente momento, inviabilizava essa prática. Com a ajuda da secretaria municipal de cultura, disponibilizando esse ateliê municipal, os interessados poderão ter aulas e aprender um pouco mais da técnica de René.

EXPOSIÇÃO
Para divulgar os trabalhos produzidos no ateliê municipal, uma exposição será montada no Museu Araçatubense de Artes Plásticas (MAAP), com todas as obras do artista produzidas no ateliê municipal, em sua maioria voltada para as artes da dança e música. Além de outros conceitos.

RECONHECIMENTO INTERNACIONAL
René Ragi é reconhecido como o artista que melhor definiu a cidade de Nova Orleans nas artes. Esse reconhecimento lhe garantiu o título de artista que melhor representa a cidade de Nova Orleans e o Jazz, que é fortemente difundido na cidade.
René tem um vasto repertorio de telas e painéis pelo mundo
No ano de 2013, ele recebeu o Prêmio Odete Costa na categoria Destaque Internacional. Fixando ainda mais sua importância na arte nacional e internacional. Em Araçatuba, o artista plástico já expôs suas obras em diversos locais públicos e particulares, entre eles a Biblioteca Municipal “Rubens do Amaral” e o Araçatuba Shopping.