Pesquisar este blog

Araçatuba financia R$ 1,4 milhão para projetos culturais

Prefeitura beneficia projetos por meio de programa que promove o estímulo às iniciativas culturais da sociedade civil
A Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), deu início, nesta sexta-feira (16), a um dos maiores projetos de financiamento cultural da sua história. Por meio do Consórcio Intermunicipal Culturando e do Ministério da Cultura, oito entidades foram beneficiadas com oito Pontos de Cultura, recebendo R$ 180 mil cada em três anos (R$ 60 mil por ano) para desenvolver o projeto cultural apresentado e aprovado.


A solenidade, na qual os projetos escolhidos foram apresentados, aconteceu no auditório do Paço Municipal com a presença do prefeito Cido Sério. Na oportunidade, ele destacou que esta verba ajudará, em muito, na promoção de ações que ajudam não só os produtores de artes, mas, principalmente, o público em geral. “Estamos abrindo um novo e amplo horizonte de ação para quem quer fazer e consumir arte”, destacou o prefeito.

TRABALHO
O secretário de Cultura de Araçatuba, Hélio Consolaro, destacou que a atual administração criou o maior orçamento para a pasta e que, por meio da inscrição do Consórcio Intermunicipal Culturando, modernizou ainda mais a gestão desta área. “Esta administração tem feito um trabalho inédito no apoio aos artistas e criação de público para os eventos”, comentou o secretário.

O Pontos de Cultura é um programa que promove o estímulo às iniciativas culturais da sociedade civil já existentes, por meio da consecução de convênios celebrados após a realização de chamada pública. Para se tornar um Ponto de Cultura, os responsáveis pela entidade devem participar do edital de divulgação da Rede de Pontos de Cultura, enviando projeto para análise da comissão de avaliação, composta por autoridades governamentais e personalidades culturais. Havendo a inclusão por seleção, será celebrado convênio plurianual para execução do projeto aprovado.


Os projetos apresentados beneficiam ações como difusão da cultura afro-brasileira, incentivo à orquestra sinfônica, catira, teatro, dança e artes plásticas para menores, coreografia, coral e samba e literatura.