Pesquisar este blog

Ponto de leitura com cara nova



Ponto de leitura da praça  João Pessoa

 Depois de vândalos atacarem a praça João Pessoa,  inclusive destruindo a porta do banheiro e entortando a geladeira com livros  que servia como ponto de leitura, o secretário municipal da Cultura, Hélio Consolaro,  resolveu remover a geladeira,  restaurando antigas cabines  de telefone que se encontravam na Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos.
Ponto de leitura da praça João  Pessoa

Com a mudança do  visual e da qualidade material, aproveitou a oportunidade para homenagear a mentora do ponto de leitura naquela praça, pondo o  seu nome no local "Ponto de Leitura Madalena Carlini".  Assim ele atendeu também indicação n.º 1223/2012, da vereadora  Tieza - PSDB. Em conversas com amigos, Hélio  Consolaro descobriu que Madalena  Carlini é irmão do vereador Joel  de Melo, o Platibanda. "Uma homenagem sem ver a coloração partidária", afirmou o  secretário.

Se você, araçatubense, quiser doar um ponto de leitura para uma praça, com bom design, colocaremos o  seu nome nele  como  forma de agradecimento. Ligue para a Biblioteca Municipal Rubens do Amaral:  18 3622 5559, fale com a Tânia Capelari.

Praça de leitura da João Pessoa, homenageando Madalena Carlini

 Atualmente, temos 11 pontos  de  leitura instalados pela  cidade:
1. na Casa da Cultura Adelino Brandão
2. no Paço Municipal - defronte à Secretaria  Municipal da Fazenda
3. na sala de espera do Pronto Socorro Municipal - bairro  Santana
4. na sala de espera do Pontto Socorro Municipal - bairro São João    
5. na sede da Aavida
6. na praça do Quermeshow
7. na praça João Pessoa 
8. na sede da escola de samba Virada do Sol
9. na praça do bairro Guanabara
10. no NGA - rua Siqueira Campos (Saúde)
  

Temos mais dois pontos para ser instalados:
11. Parque da Fazenda do Estado
12. Espaço Cultural do  conj. hab. Antônio Pagan

Este ponto de leitura, mais simples, é instalado  em lugares cobertos, salas de espera

Semanalmente, uma equipe da biblioteca municipal Rubens do Amaral passa pelos pontos de leitura para fazer uma avaliação do acervo.  Se houve muita doação, os livros são  redistribuídos;  se, muita retirada, novos livros são disponibilizados.

As doações de livros feitas por pessoas da comunidade são  inseridas nos pontos de leitura, desde  que sejam livros de poesia, crônica,  romance, contos, autoajuda. Livros didáticos e coleções ficam no acervo da  biblioteca.