Pesquisar este blog

Balé Municipal é conquista para o município

São 452 alunos
O Balé Municipal é certamente uma grande conquista do Governo Municipal para os cidadãos. Isso porque que ele abre portas para que jovens e crianças araçatubenses possam ter desde cedo um contato mais próximo com a arte clássica e participação na cultura do município, além de se ocuparem desenvolvendo uma atividade educativa e saudável, importante para seu desenvolvimento. 

As inscrições para o projeto ocorreram em janeiro e 452 jovens e crianças de 5 a 18 anos iniciaram em abril as aulas gratuitas de balé clássico e jazz. As atividades acontecem das 8h da manhã às 5h da tarde. Participam de turmas que recebem a aulas duas vezes por semana. O sucesso é tão grande que cerca de 20 pais ou responsáveis procuram a secretarias, toda semana para matricular os filhos. 

Vanessa Manrelli
Segundo a chefe de divisão da SMC, Vanessa Manarelli, desde seu inicio até hoje o Balé Municipal se mantém sempre em ascensão, cada vez mais aprimorado e abrangendo mais pessoas. O projeto foi descentralizado e ampliado pela atual administração, com investimento total de R$ 330 mil na reforma de escolas, contratação de profissionais, manutenção e aquisição de uniformes. 

Investimento de R$ 330 mil
As aulas são ministradas em várias localidades da cidade, podendo atender não só o Centro, como bairros mais afastados. As unidades de atendimento ficam nas escolas municipais Egles Gabas de Carvalho (Vista Verde), Fausto Perri (Alvorada) e no Centro Municipal de Formação da Criança e do Adolescente (Cemfica TV), além da sala que funciona no Centro da cidade, no prédio da Secretaria de Cultura. Tudo isso para dar mais acessibilidade as crianças e adolescentes participantes do projeto. 

O Governo Municipal não oferece apenas infraestrutura e professores, mas também o material necessário para um melhor aproveitamento das aulas e incentivar que mais crianças possam se interessar pelo projeto, que são uniformes, adereços e cenários utilizados nas apresentações. A Secretária da Municipal de Educação reformou e adequou as salas onde acontecem as aulas.