Pesquisar este blog

Companhia teatral de Araçatuba "Um e Outro" que estará se apresentando durante o "FESTARA" conquista 9 prêmios em festival.


Nove prêmios. Esta foi a quantidade de troféus que a companhia teatral “Um e Outro”, dirigido por Laerte Silva Júnior trouxe para Araçatuba se apresentando no dia 12 de outubro com a peça “É impressão minha ou estão batendo na porta?” durante o VIII FETEAPP (Festival de Teatro Amador de Paraguaçu Paulista).
No elenco Rosa Melo, Denise Vas, Ramon Olsen e Sílvia Teodoro dão vida a personagens que perderam tudo na vida, de bens materiais a valores morais, vagam sobre o passado implacável que tiveram. Em comum, uma nostalgia por tempos bons, talvez nunca vividos. Estão sempre à espera de um misterioso personagem, que parece ter sido o grande causador do estado de loucura em que se encontram. São frequentemente atormentadas por campainhas, buzinas, telefones e batinas na porta, mas num processo de fuga ou alucinação ignoram tudo isso. Partem da maior ingenuidade e chegam ao grotesco e ao obsceno sem transição e com igual desenvoltura. Mas a porta do passado precisa ser derrubada. É hora de visitar o sanitário da alma e de ser chicoteado pelos fantasmas interiores. Por trás de uma sucessão de situações absurdas e bizarras, esconde-se uma leitura mordaz das relações familiares, sexualidade e do sentido da vida. É impressão SUA ou estão batendo na porta?
O espetáculo está em cartaz há um ano e sua primeira apresentação foi no Festival de Teatro de Araçatuba do ano passado, e neste ano o grupo retorna ao FESTARA com mais bagagens, de acordo o diretor o ânimo – e incentivo também- é outro. Em um ano muita coisa aconteceu, e a companhia amadureceu mais. Segundo Silva, os prêmios são circunstanciais, não podendo o grupo se acomodar. “Não podemos nos acomodar, e procuramos sempre melhorarmos. Cada apresentação vem com uma novidade ou outra”. O diretor de “É impressão minha ou estão batendo na porta? refere-se ao fato de que a cada apresentação em festivais competitivos o grupo, após a apresentação fica cara a cara com os jurados que lhes passam algumas orientações. “A partir do que os jurados comentam, nós peneiramos e fazemos uma avaliação, o que acaba refletindo em algumas modificações, por isso o espetáculo está em constante processo” relata Laerte.

O diretor da companhia "Um e Outro", Laerte Silva Júnior

A última apresentação do grupo em Araçatuba foi no dia 27 de março deste ano no dia mundial do teatro.
O grupo trouxe do VIII FETEAPP (Festival de Teatro Amador de Paraguaçu Paulista) para Araçatuba as seguintes premiações:

Melhor Espetáculo – Categoria Adulto
Melhor Direção – Laerte Silva Júnior
Melhor Texto Inédito – Laerte Silva júnior
Melhor Sonoplastia – Laerte Silva Júnior
Melhor Iluminação – Marcos Melo
Melhor Cenário – Massato Ito
Melhor atriz – Rosa Melo e Denise Vas
Melhor Ator Coadjuvante – Ramon Olsen


Rosa Melo e Denise Vas (mehores atrizes)

A companhia, que acumula premiações participou dos festivais de Pirassununga e Tupã, ficando em terceiro lugar em ambos. Antes de conquistarem o primeiro lugar na categoria adulto e mais outros oito prêmios, no mês de outubro em Paraguaçu Paulista, eles também ficaram em primeiro lugar no 5º “FESTAR” Festival de Teatro Amador de Bernardino de Campos, a 330 Km de São Paulo, em agosto.

Sobre tantas premiações, a companhia que estará se apresentando no próximo dia 27 de outubro no Teatro do Nipo, às 20h30, para maiores de 16 anos, durante o Festival de Teatro de Araçatuba, não esconde a ansiedade e preocupação em estar de volta á cidade onde a peça foi apresentada pela primeira vez. “A atenção e cuidado será o mesmo. Não fazemos o espetáculo visando prêmios, fazer aqui (em Araçatuba) tem um gosto especial, aqui estão nossas origens, temos um carinho especial com nossa cidade”, finaliza o diretor da Companhia “Um e Outro” Laerte Silva Júnior.


Réggis Antônio
Jornalista – MTB 48.450
Chefe do Serviço de Eventos e Divulgação Cultural
Secretaria Municipal da Cultura de Araçatuba
Contato:
(18) 3636-1270
secretariacult@gmail.com