Edara - Programação Completa

Livros recebidos pela biblioteca municipal


A Biblioteca municipal Rubens do Amaral recebe muitas doações de livros usados, às vezes, novos. O prefeito Cido Sério no final de 2012 investiu R$ 110 mil na aquisição de acervo, mas o inusitado do fato foi receber seis livros de autor de Santo André-SP, que teve o trabalho de escrever uma carta, embalar e remeter a doação de um exemplar de cada título de sua bibliografia. Trata-se do Sr. Pedro Borghesi

Nossos agradecimentos. E que outros escritores sigam o seu exemplo.

Núcleo da União Brasileira de Escritores de Araçatuba


Reunião do núcleo regional da UBE de Araçatuba-SP. A reflexão do dia foi coordenada pela companheira Marilurdes Campezi. Reunião bem animada


Escritores presentes: Hélio Consolaro (boina), Diogo, Yara Pedro de Carvalho, Cidinha Baracat, Duxtei Ítavo, Marianice Paupitz, Larissa Alves, Jordemo Zanelli (e esposa), Pedro César Alves, Ana Almeida, Emília Goulart, Wanilda Borghi, Rita Lavoyer, Marilurdes Campezi (virada). Antônio Luceni (coordenador do grupo) registrou a cena em sua câmera.   

Reunião sabatina da Academia Araçatubense de Letras



Coordenada pelo presidente Tito Damazo na manhã de sábado de 20 de julho de 2013. Estiveram presentes os seguintes acadêmicos: Yara Pedro de Carvalho, Célia Villela, Maria Luzia Villela, Emília Goulart, Marli Garcia, Hélio Consolaro, Antônio Luceni, Paulo Batista e membros do Grupo Experimental. Foi uma reflexão interessante sobre o poeta João Cabral de Melo Neto

Festival de Balé apresenta o espetáculo "Bela Adormecida"

Alunos do projeto da Prefeitura de Araçatuba mostram seus talentos em festival no Vívere Eventi
Nesta semana, no Vívere Eventi, acontece o tradicional Festival de Balé, evento da Prefeitura de Araçatuba promovido por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC). Cerca de 700 alunos irão se apresentar ao longo de dos três dias de espetáculos, que se estenderão desta terça-feira (30) até quinta-feira (1º), sempre a partir das 20h. Esse ano, o tema do evento será “A Bela Adormecida”.

Para o prefeito Cido Sério, “esse trabalho é uma das vitrines daquilo que está sendo feito pela Prefeitura de Araçatuba em favor, não só da promoção da Cultura, mas também da cidadania. “É um projeto voltado para a população, que além de ter toda a estrutura de aula e equipamento do balé municipal gratuitamente, pode desfrutar das magníficas apresentações.”

Alunas das escolas Egles Gabas de Carvalho e Fausto Perri, do Cemfica TV, e da Casa de Cultura Adelino Brandão mostrarão as habilidades para toda a população. Cada aluno está recebendo cinco ingressos. Os ingressos, distribuídos para a população, já se esgotaram. A procura por toda a população empolgou os organizadores, que já esperam uma busca por ingressos muito maior para as apresentações no final do ano.

HISTÓRICO
Até o ano de 2008, a Secretaria de Cultura atendia apenas 90 alunos no Balé Municipal, com uma fila de espera acima de 200. Os pais é que eram mantenedores do projeto, e promoviam a venda de rifas para arrecadar verba.

A partir do ano de 2010, a parceria entre Secretaria de Cultura e Educação ampliou o projeto, e hoje atende a mais de 700 alunos, em cinco salas de aula equipadas para o ensino de balé. Todo o kit para a realização das aulas é doado aos alunos pela Prefeitura, inclusive para os festivais.

Apresentações das escolas:

Dia 30/07 – Alunos do Cemfica (bairro TV);

Dia 31/07 – Alunos da escola municipal Egles Gabas de Carvalho (bairro Vista Verde) e da Casa de Cultura Adelino Brandão (centro);

Dia 01º/08 – Alunos da escola municipal Fausto Perri (bairro Alvorada) e da Casa de Cultura Adelino Brandão (centro).

SERVIÇO:
Festival de Balé “A Bela Adormecida”
Local: Vívere Eventi
Horário: 20h
Ingressos: Grátis

Indicação: Livre

Publicação data de habilitação documental dos projetos que concorrem ao edital nº 2 de música do programa de fomento a cultura da Prefeitura Municipal de Araçatuba

Araçatuba, 01 de julho de 2013.

Conforme estabelecido no edital nº 2 do Programa de Fomento à Cultura da Prefeitura Municipal de Araçatuba de 2013, no dia 05 de junho de 2013, foi realizada pela Secretaria Municipal de Cultura, juntamente com a Comissão Deliberativa reunião para análise dos envelopes nº1 (referentes a documentação) do edital acima citado.
Estiveram presentes na reunião para a análise dos documentos, o Sr.Carlos Paupitz, representando a Secretaria Municipal de Cultura, o Sr. Marcelo Júnio Sartori, representando a Secretaria Municipal de Cultura, a Srª. Vanessa Cristina Manarelli de Barros Rocha, representando a Secretaria Municipal de Cultura e a Srª. Maria Margareth Martins, representando a Comissão Deliberativa do Fundo Municipal de Apoio à Cultura.
Após feita a análise de todos os envelopes, ficou determinado que os proponentes que não entregaram toda a documentação descrita no item  3.1 do edital nº 2 do Programa de Fomento à Cultura da Prefeitura Municipal de Araçatuba 2013 terão 05 dias úteis para apresentar o documento faltante.

Atenciosamente.

Análise dos envelopes nº 1 (documentação) dos projetos inscritos para concorrem aos prêmios do edital nº 2 do Programa de Fomento à Cultura da Prefeitura Municipal de Araçatuba de 2013.

“CONCURSO DE APOIO A PROJETOS DE FOMENTO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS INÉDITOS NO MUNICÍPIO DE ARAÇATUBA”

Proponente                                      habilitado              não habilitado

Henrique Blini Sierra


HABILITADO


Albenir Almeida do Nascimento


HABILITADO


João Batista I. de Oliveira


HABILITADO



Fernando Vinicius Perama Costa

HABILITADO


Fabio Messias dos Santos


HABILITADO


Pedro Paulo Dibo D´Antonio


HABILITADO


Leandro Barzagui Fernandes


HABILITADO


Marinete  Aparecida das Neves Capóssoli

HABILITADA


Tayná Barbosa Fontão Bernardes

HABILITADO


Joelmir Oliveira Cardoso


HABILITADO



BC Produções (Projeto: Bruno Carvalho POP)

HABILITADO


BC Produções  (Tributo aos Beatles e sucessos dos anos 60,70 e 80)


HABILITADO


Beltrão da Silva Santos


HABILITADO


Cássio Martins de Carvalho


HABILITADO


Maria Cecília Raab Forastieri


HABILITADO


Luís Fernando Guimarães Borten

HABILITADO


PHEG Produções Artísticas LTDA-ME (Moda de Viola não tem idade)

HABILITADO


PHEG Produções Artísticas LTDA-ME (Tempo Sertanejo)


HABILITADO


Rosângela de Sousa Lima Almeida

HABILITADO






Apreciação Musical Identidade Brasileira

A apreciação é um convite ao resgate do pluralismo, uma nova roupagem intercalada com explicações sobre a história de algumas canções. Nesta apresentação, a cantora Marcela Caselle interpreta alguns dos principais clássicos da música popular brasileira, reafirmando a nossa identidade cultural.

A voz colocada e suave da proponente, em harmonia com os novos arranjos para clássicos da MPB, propõe uma musicalidade sem rótulos. Além disso, evoca grande apelo para divulgação junto aos meios de comunicação, atraindo público e garantindo boa audiência e repercussão para a atividade. Assim, essa apreciação musical se torna uma ótima oportunidade de abertura e apresentação da programação do 2° semestre.

Marcela Caselle é cantora e há anos estuda violão, teoria musical e violão erudito. Pesquisadora, montou seu repertório de música popular brasileira no curso da FAAM - Faculdade de Artes Alcântara Machado, em São Paulo. Atualmente, a profissional tem gravado músicas próprias e trabalha novos arranjos a clássicos musicais.

SERVIÇO
"Identidade Brasileira"
Coordenação: Marcela Caselle
30/7 – Terça-Feira – 20h
Classificação: livre
TEATRO CASTRO ALVES: Rua Duque de Caxias, 29 – Centro – Araçatuba-SP

Contato:

e-mail: marcelacaselle@gmail.com  | Fones: 18 3608-4133 - 18 9123-9920

Araçatuba aderiu ao Ponto MIS


“Pontos MIS” é um programa de circulação e difusão audiovisual que visa promover a formação de público e a circulação de obras do cinema. Estabelecendo parcerias para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado. O programa é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som - MIS e as cidades do Estado. O MIS entra com a programação e o material de divulgação e a cidade com a infra-estrutura necessária (espaço adequado para as exibições, equipamentos, equipe e divulgação local).

Mensalmente, enviamos um programa de filmes diferente para ser exibido, na maior parte das vezes composto por 1 curta e 1 longa-metragem, acompanhado de uma atividade complementar, que pode ser um bate papo com o diretor do filme ou uma oficina audiovisual.

Estamos ampliando a área de atuação do MIS, estabelecendo parcerias para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado, levando, assim, ações do MIS a lugares sem a mesma infraestrutura. Levar a programação do MIS para outros centros é uma das linhas de atuação da atual gestão do Museu. Ressaltamos a importância do programa, que busca democratizar o acesso ao cinema, a fim de contribuir para a formação de platéias, a difusão de filmes e o estímulo à produção local.

Ponto MIS fixo em Araçatuba: teatro municipal Paulo Alcides Jorge. Rua Armando Sales de Oliveira (ao lado da biblioteca municipal Rubens do Amaral)


PROGRAMAÇÃO DE JULHO DE 2013:

Segunda-feira (29/7), 20 horas
ESTREIA: Aconteceu no Bixiga (curta)
Meninos de Kichute  (longa)

SEGUNDA SESSÃO
Terça-feira (30/7), 20 horas

MATINÊ
Quarta-feira (31/7), 14 horas

Realização:
Museu da Imagem e do Som - Secretaria Estadual de Cultura - Governo do Estado de São Paulo
Parceria:
Secretaria Municipal de Cultura - Prefeitura de Araçatuba. Trabalho voluntário do jornalista Sirlei Nogueira

Apoio:
Folha da Região
TV Araçatuba
Cultura FM
Lalucci Filmes
Comunicação Filial

Pequena resenha sobre os filmes

Aconteceu no Bixiga (direção Marcela Chamlian, 2012, 12 min)
Elenco: Sérgio Mamberti, Branco Mello, Terence Júnior, Rodrigo Alves, Henrique Caetano e Priscila Oliveira
Classificação: livre
Em meio à tradicional Festa da Nossa Senhora Achiropita em São Paulo, três garotos, moradores do bairro do Bixiga, resolvem roubar a santa para provar o valor deles a um poderoso mafioso da região.

Meninos de Kichute (direção Luca Amberg, 2009, 100 min)
Elenco: Werner Schünemann, Vivianne Pasmanter, Arlete Salles e Lucas Alexandre
Classificação: livre

Meninos de Kichute conta a história de Beto, um menino de 12 anos que vive com seus pais e irmãos, em um bairro operário do Brasil. Seu grande sonho é o de se tornar um importante jogador de futebol; na realidade, ele quer mesmo é “ser o goleiro da seleção brasileira”. No entanto, seu sonho se esbarra com o radicalismo de seu pai, Lázaro, que vê o jogo como um grande pecado.

Oficinas Culturais - Abertas as inscrições para o segundo semestre


As 21 Oficinas Culturais do Estado estão com as inscrições abertas para as atividades programadas para o segundo semestre de 2013 em todo o Estado de São Paulo. Serão oferecidas 493 atividades e 14.906 vagas para oficinas, workshops, debates, palestras, entre outras.

A programação completa está disponível no site:http://www.oficinasculturais.org.br/
Em cada unidade são realizadas atividades de formação, como oficinas práticas, cursos teóricos, palestras e seminários, e também, ações de difusão cultural, como espetáculos de teatro, de dança, de circo, de música; mostras de artes visuais, de cinema, de vídeo e de fotografia, entre outras.

Em Araçatuba a Oficina Cultural Silvio Russo esta sediada à Rua Conselheiro Oscar Rodrigues Alves, 169, Centro, Araçatuba/SP, C.E.P.:16010-330. Telefones 18 3625-5357 e 3441-1488. E-mail: silviorusso@oficinasculturais.org.br

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas em cada unidade das Oficinas Culturais. Novos horários de Funcionamento: Terça a sexta-feira das 13h às 22h Sábado das 9h às 18h

Inscrições: Terça a sexta-feira das 13h às 22h

Festival do Balé Municipal no Vívere Eventi

Festival de Balé em 2011
Cerca dos 700 alunos do Balé Municipal irão se apresentar em festival na casa de espetáculo Vívere Eventi. Será um momento importante, quando as crianças terão a oportunidade de mostrar aos pais, parentes, colegas e público em geral as habilidades aprendidas. Haverá ainda a participação especial dos bailarinos Nina Queiroz da Silva e Pedro Henrique Pupa, vindos dos EUA para abrilhantar ainda mais o espetáculo.

A Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, tem previsão de gastar R$ 700 mil em 2013 com o Balé Municipal. Isso significa que cada aluno custará até dezembro mil reais. O mais importante: um investimento na formação de nossas crianças, de nossos jovens.

O dinheiro é aplicado na contratação da Academia Stella Maris para ministrar as aulas (feita por licitação), a compra de uniforme de uso durante as aulas e o figurino do festival que neste ano foi renovado.


Antes de Cido Sério ser o prefeito de Araçatuba, havia apenas uma sala de balé na Casa da Cultura Adelino Brandão com uma monitora (Vanessa Manarelli). Os pais compravam uniforme e roupa do festival, além disso promoviam festas para suprir as despesas que não eram bancadas pela prefeitura.

Com a nova administração, a partir de 2010, os pais não tiveram mais gastos. Vanessa Manarelli passou a ser a coordenadora do Balé Municipal.  Isso aconteceu porque houve a descentralização do balé, com a Secretaria Municipal de Educação construindo salas específicas em quatro escolas. O histórico de evasão na sala única do centro da cidade era acentuada na época da compra dos uniformes.

Sem medo de errar, pode se dizer que esse sistema adotado é único no Brasil, criado em Araçatuba para enfrentar as necessidades locais.

Devido à ambiência de dança existente em Araçatuba, o que as academias sempre sonharam se tornou realidade com a ampliação Balé Municipal: os produtos Capezio têm uma loja especializada na venda de produtos destinados ao balé, a loja "Dance Mais", que fica na rua José Pedro dos Santos, 318 - Araçatuba.

APRESENTAÇÕES:   
Dia 30/07 – alunos do CEMFICA (bairro TV)
Dia 31/07 – alunos da EMEB Egles Gabas de Carvalho (bairro Vista Verde - depois do conj. Hilda Mandarino) e da Casa de Culura Adelino Brandão (centro)
Dia 01º/08 – alunos da EMEB Fausto Perr (bairro Alvorada) e da Casa de Cultura Adelino Brandão (centro)

Também teve início em 2013 aulas de balé na Emeb Roseli de Oliveira, no conjunto habitacional Atlântico (Minha casa, minha vida, destinado a famílias com renda abaixo de três salários mínimos).
Está sendo construída para funcionar em 2014 uma sala na Emeb Antônio Rodrigues, no bairro Lago Azul.

Local do festival: Vívere Eventi
Horário: 20h


Distribuição gratuita de ingressos.

Cada aluno está recebendo 05 ingressos. Os demais interessados estão retirando até 02 ingressos (por dia de espetáculo) na Casa de Cultura Adelino Brandão, na rua Anita Garibaldi, 75

Figurinos

Foram confeccionados figurinos novos para todos os alunos. Estes figurinos apresentam relação direta com o tema do espetáculo “A Bela Adormecida”, são confeccionados com tecidos de ótima qualidade e bordados, além de contar com os adereços, meias-calça e sapatilhas.
Este ano também estão sendo feitos “tutu” prato (aquela saia que fica bem durinha) para as solistas.


Estrutura

Os espetáculos acontecerão no Vívere Eventi, espaço que comporta uma plateia de até mil pessoas para cada apresentação. A casa tem o maior palco da região.

Lá as crianças contarão com uma estrutura completa de funcionários: limpeza, seguranças e os professores.

O som e a iluminação estão sendo preparados especialmente para os espetáculos, assim como os cenários e a estrutura de palco (linóleo, coxias, cortina).


Como o número de crianças que se apresentam é muito grande, aproximadamente 700, os ensaios são bastante longos, e para que as crianças não sintam fome é servido lanche para todas elas, que também terão água engarrafada à disposição.

As crianças que moram longe do centro e fazem balé nas escolas municipais, ainda poderão dispor do transporte da Prefeitura para chegar até o local do espetáculo que também as levará de volta para a escola.

Concurso Violeira Rose Abrão teve prazo de inscrição prorrogado: 30/07/2013

Araçatuba será sede regional da 30ª Violeira Rose Abrão


  • Inscrições: de 24 de junho a 30 de julho de 2013
  • Podem ser feitas por sedex
  • Bastar ser brasileiro  para participar
  • Apenas duplas e trios
  • Modas de viola no estilo raiz, com letra e melodia inéditas e originais
  • Músicas divulgadas no Youtube não são inéditas
  • Músicas que participaram de outras edições da Violeira não podem participar
  • Enviar junto à ficha de inscrição: CD com áudio  da música e texto digitado. Neste item
  • (há outros detalhes, ver o regimento) 
  • Cada compositor poderá se inscrever com duas músicas, cada uma deve ter um intérprete.
  • Músicos, acompanhantes, intérpretes só pode participar uma vez.
  • Fases eliminatórias: Americana, 02/agosto/2013; Guaíra, em 09/08/2013; Araçatuba, em 10/08 (sábado)
  • A grande final será em Barretos: 14/08/2013. Em cada eliminatória poderão ser escolhidas 20 músicas.
  • Quesitos valiados: letra, música, afinação vocal, afinação instrumental
  • Premiação - finalistas
  • 1.º colocado: premiação de R$ 6 mil
  • 2.º colocado: premiação de R$ 4 mil
  • 3.º colocado: premiação de R$ 2,5 mil
  • 4.º colocado: premiação de R$ 1,5 mil
  • 5.º colocado: premiação de R$ 1 mil
  • Os cinco vencedores vão apresentar a música durante a 58.ª Festa do do Peão de Barretos  
  • Mais informações: 
  agcip@ig.com.br e iria@independentes.com.br

Em Araçatuba: secretariacult@gmail.com
Por telefone: Rose, 18 3636 1270
Centro de Tradições Culturais, com Cláudia Colli: 
claudiaacolli@gmail.com - telefone: 18 9789 4225

O Teatro Mágico em Araçatuba

Depois de oito anos de trabalho, mais de 400 mil CDs vendidos e o DVD ultrapassando 120 mil cópias, a trupe festeja, sem perder de vista o projeto de "A Sociedade do Espetáculo".

Comemoramos o alcance da marca de 6 milhões de downloads feitos e mais de 5 milhões de transmissões de músicas do primeiro e segundo CD, nos sites Trama Virtual e Palco MP3. Ainda, no top 100 da Trama Virtual, o Teatro Mágico tem 39 músicas entre as 50 primeiras, reforçando que 'a poesia prevalece', abrindo o caminho para "A Sociedade do Espetáculo".

A Sociedade do Espetáculo: O novo trabalho de O Teatro Mágico.

"A Sociedade do Espetáculo" vem para completar a trilogia da Cia musical O Teatro Mágico. Há mais de 8 anos na estrada, a trupe se consolidou como principal fenômeno da internet no Brasil, obtendo mais de 6 milhões de downloads oficiais na rede, Milhões de views no Youtube, centenas de seguidores e fãs em redes sociais além de aparições importantes em programas da mídia tradicional. Este novo trabalho representa o amadurecimento musical da banda no último período, que compreende o lançamento do "Segundo Ato" (2008) e agora. Com o grande diferencial da produção de Daniel Santiago, integrante da banda e parceiro de Hamilton de Holanda, músicos entre os principais expoentes da musica instrumental contemporânea brasileira. Com o confronto de idéias no estúdio, o TM agora se propõe fazer um pop moderno, sofisticado e fundamentalmente brasileiro. As músicas continuam "acessíveis ao público" o que resguarda a essência do projeto, mas agora OTM se apresenta bebendo desde Milton e clube da esquina até a guarania gaúcha. Sem dúvida alguma, "A Sociedade do Espetáculo" tem seu diferencial na inovação estética musical, capaz de reunir elementos da música internacional com uma forte brasilidade, fazendo assim, uma fusão de ritmos.

Influência filosófica:

O álbum "A Sociedade do Espetáculo" foi inspirado na obra de Guy Debord, que tem o mesmo título. A obra ainda atual do filósofo francês versa so
bre a imagem enquanto elemento organizador da sociedade do consumo, transformando a realidade em ficção, e a ficção em realidade. O conteúdo das melodias e letras traz o questionamento do mundo em que vivemos hoje, como em "Amanha...será?" inspirada nas atuais manifestações que acontecem no oriente médio organizadas pela Internet, e "Esse Mundo Não Vale o Mundo", com letra que remete à Carlos Drumond de Andrade. Assim como no álbum anterior, a trupe discute o seu cotidiano político/cultural, sem esquecer também o lado sentimental, como foi no primeiro CD (Entrada para Raros, 2003), álbum este que resgata um humanismo individual e coletivo, provocando uma catarse com o forte tom positivista que só sabe quem já esteve em um show d'O Teatro Mágico.

11 de agosto de 2013 - 20h - No Quarta Avenida
Ingressos: ingressoraido.com
Nova York Shoe Store
Av. Brasília, 1964 - 18 3301 4008

Novos Araçás dançam catira em Tupi Paulista


No domingo, 21 de julho, os catireiros do grupo Novos Araçás, Araçatuba-SP, estiveram se apresentando em Tupi Paulista-SP, participando de uma grande festa promovida pela Associação dos Amigos da Viola.

Grande público se fez presente

No final, a grande foto, com participação do prefeito Osvaldo Benetti (PSD)

Ministério da Cultura promove oficina em Araçatuba

Prefeito de Araçatuba, Cido Sério, Valério Bemfica, coordenador
 do Escritório Regional do Ministério da Cultura em São Paulo

Membros do Ministério da Cultura realizaram, nesta semana, uma oficina de discussão do Sistema Nacional de Cultura com gestores culturais de 25 municípios da região. Segundo a consultora da Unesco para oficinas do Sistema Nacional de Cultura, Cleide Vilela, “esse modelo de gestão prevê um repasse fundo a fundo”. Ela destaca que o objetivo da oficina é “capacitar esses gestores e conselheiros para a implementação desse sistema, criando conselhos com representação paritária da sociedade civil”.
Cleide lembra que alguns municípios da região ainda não têm um órgão de gestão cultural, mas que a cidade de Araçatuba conta com uma secretaria de cultura, fundo municipal de cultural funcionando por editais, conselho municipal de cultura com caráter deliberativo e lei de incentivo fiscal. "Está com o sistema implantado" - afirmou.
Houve trabalho em grupos e muita discussão nas plenárias
O plano municipal de cultura terá vigência nos próximos 10 anos. A capacitação dos gestores serve para aprimorar a execução do plano debatido e que gestão cultural seja feita por profissionais competentes.

O treinamento ocorreu no Teatro Municipal “Paulo Alcides Jorge” e contou com a participação de mais de 40 gestores 25 de municípios Oeste Paulista. 

Resultado geral do Concurso de contos Cidade de Araçatuba

Edital

FAIXA REGIONAL
1.º lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais)
2.º lugar: R$ 1.500,00 (mil reais)
3.º lugar: R$ 500,00 (quinhentos reais)

Até cinco menções honrosas
Os contos desta relação serão publicados numa antologia 
1.º lugar: O navio - Carlos Eduardo Marotta Peters - Araçatuba
2.º lugar: Mariposa - Maria Luzia Villela - Araçatuba
3.º lugar: Joana, só... - Regina Ruth Rincon Caires

Menções honrosas:
1. Cachos de menina - Breno da Costa Alves - Penápolis
2. Coisas de diário - Larissa Ruffato de Ângelis - Araçatuba
3. Contos de um amor sem limites - Marcelo Otávio de Souza - Birigui
4. Relógio de Pêndulo - Pedro César Alves - Araçatuba
5. Tiros de Pólvora na boca desarmada - Valdecir Roberto de Oliveira - Araçatuba

FAIXA NACIONAL
1.º lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais)
2.º lugar: R$ 1.500,00 (mil reais)
 3.º lugar: R$ 500,00 (quinhentos reais)
 Até cinco menções honrosas
Os contos desta relação serão publicados numa antologia 

1.º lugar: A borboleta azul - Andreia Fernandes Soares Leite - Rio de Janeiro - RJ
2.º lugar: O salto - André Silva Pomponet - Salvador- Bahia
3.º lugar: Á terceira desconexão - Hilário de Souza Francelino - Cerqueira César- SP

Menções honrosas:
1. Sobre velhos e pombas - Marcelo Lilla - São Paulo - SP
2. A margem oposta - Gilson Borges Corrêa - Rio Grande - RS
3. Em  fogo baixo - Ivane Laurete Perotti - Sete Lagoas - MG
4. Hassan i Sablab -Arthur Cristóvão Prado - São Paulo- SP
5. Mistério do indizível - Valmir Luís Saldanha da Silva - Araraquara-SP

FAIXA INTERNACIONAL
1.º lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais)
2.º lugar: R$ 1.500,00 (mil reais)
 3.º lugar: R$ 500,00 (quinhentos reais)
 Até cinco menções honrosas
Os contos desta relação serão publicados numa antologia.

1.º lugar: Fotografia Antiga - Daniela Macário Resende - Vila Nova de Paiva - Portugal
2.º lugar: O chão longíquo das quimeras - Rui Miguel Dias Carvalho - Alfornelos Amadora - Portugal
3.º lugar - Santo feriado - Marcela Rodrigues dos Reis - Queluz - Portugal

Menções honrosas
1. Depois do Escape - Antônio João Maduro Guerreiro - Peniche - Portugal
2. Licor Beirão- Tereza de Jesus Ferreira Teixeira- Vila Nova de Gaia - Portugal
3. O anjo purificador - Joaquim Bispo - Odivelas - Portugal
4. Sombrinha Colorida - Solange Fischer Bernardino - Balingen - Alemanha
5. Vista para o rio - Maria de Fátima Correia Santos - Lagos - Portugal

ATENÇÃO
O autor premiado deverá apresentar em 10 (dez) dias fotocópia  do R.G e do CPF (ou documento similar, se for  estrangeiro), número da conta bancária (caso receba prêmio em dinheiro); comprovante  de residência (conta  de  luz, água, telefone  fixo) para os concorrentes  da categoria C; autorização de publicação,  assinada, de seu conto  premiado pelo concurso em coletânea dos contos vencedores.
§1.º - caso não cumpra tais exigências no prazo estipulado, o participante será desclassificando, sendo chamado o subsequente
Mandar para
Secretaria Municipal de Cultura
Concurso de contos Cidade de Araçatuba
Rua  Anita Garibaldi, 75
CEP - 18010 280 - Araçatuba-SP
secretariacult@gmail.com
Telefone: 18 3636 1270

Oficina com bagaço de cana entra em nova fase

O curso de artesanato feito com bagaço de cana, que está sendo desenvolvido no bairro rural Engenheiro Taveira, entrou em uma nova fase nesta semana. Os moradores estão empolgados com a iniciativa e se envolvendo ao máximo para gerar bons frutos dessa atividade.

Na última quarta feira (17), os alunos do curso deram mais um salto e partiram para a fase de composição de objetos a partir da matéria-prima. Eles confeccionaram bonecos, moringas, recipientes e demais produtos. Em cada aula, os alunos se mostram mais aptos, hábeis e determinados a caminhar com esse projeto.


A expectativa é a de que, dentro de alguns meses, os produtos produzidos por eles já estejam à venda na feira Estação Taveira.

Museu Cândido Rondon recebe exposição sobre a lua

Parceria entre Secretaria Municipal de Cultura e o Sesc Birigui expõe registros fotográficos da Lua
O Museu Marechal Cândido Rondon abre, nesta quarta-feira (17), a mostra “O Luar”, que ficará aberta ao público até o próximo dia 30. A exposição faz parte do evento que é realizado anualmente em Araçatuba no mês de julho pelo Sesc Birigui em parceria com o Inape (Instituto de Astronomia e Pesquisas Espaciais).

Na parte externa, a exposição “O Luar” é montada em formato "varal" de registros fotográficos, profissionais e amadores, do luar e, em especial, do fenômeno conhecido como "Super Lua" feitos a partir de diversos pontos do Brasil.

Com texto e curadoria de Augusto Damineli, design gráfico, e museografia de Miguel Paladino e administração da Coordenação Nacional do IYA 2009, a exposição, composta de 20 painéis com fotografias de denso conteúdo científico e grande beleza, e do painel “Universo em Evolução”, convidava o público a um passeio pelo Universo, motivado pelas belas imagens captadas por lentes de poderosos telescópios e sondas espaciais que exploram o nosso sistema solar.

HORÁRIO ESPECIAL
Durante a semana de palestras do Cosmos XII (22 a 26/07), a exposição terá horário de funcionamento especial das 9h às 21h.

SERVIÇO:
Museu Marechal Rondon - Rua 15 de novembro, 247 - Araçatuba
“Cosmos XII” – Exposição “O Luar”
Segunda: 12h às 17h.
De terça à sexta, das 9h às 17h.

*Horário especial (exceto às segundas) das 9 às 21h de 22 a 26/07

 Diretora do Departamento de Preservação do Patrimônio, Margareth Martins, analisa parte da exposição

Palco Araçá - a visibilidade dos artistas locais

 

O Palco Araçá é o alternativo na Expô, desde 2012. Nele, tocam os artistas locais. A Secretaria Municipal de Cultura seleciona os 10 melhores (dentre de 26 inscritos em 2013), a Prefeitura em parceria com a Rural Eventos monta palco e sistema de som. Amauri Vieira Jr é um entusiasta da ideia.

Cantaram no Palco Araçá de 2013:

Palco Araçá

5/07 - JOÃO RICARDO E PACHEQUINHO
6/07 - HELTON MOTA
7/07 - MAICON E MICHEL
8/07 - AUGUSTO CÉSAR E LEANDRO
9/07 - JOÃO MARCO E JULIANO
10/07 -JUNTO E MISTURADO
11/07 - OVELHAS NEGRAS
12/7 - BANDA CÓDIGO DE CONDUTA
13/7 - DANNIEL GAMA
14/7 - PAULO HENRIQUE E GUSTAVO

3.ª Conferência Regional de Igualdade Racial


Araçatuba realiza Conferência Municipal de Cultura

Produtores de arte e público se reuniram no domingo para discutir políticas públicas na área de Cultura
A Prefeitura de Araçatuba realizou, neste domingo (15), a 4ª Conferencia Municipal de Cultura de Araçatuba. As reuniões aconteceram na Casa de Cultura Adelino Brandão e no Teatro Castro Alves. Durante todo o dia, os 128 participantes debateram os quatro eixos propostos pelo Ministério da Cultura para o setor, dando a chance de a população definir, junto com a administração, os rumos das ações públicas para o setor.

Na abertura dos trabalhos, o prefeito Cido Sério destacou que Araçatuba, hoje, na questão cultural, deu um salto perceptível, com uma agenda eclética e cheia. Ele enfatizou que a Secretaria de Cultura, após estas mudanças, atende mais de mil crianças no balé e no Projeto Guri, além de ter parcerias excelentes, como a que foi firmada com a Educação para levar música para as escolas.

“As crianças precisam aprender também sobre música clássica para construirmos a diversidade. Tem que ensinar também o berrante, o samba de raiz, enfim, tudo aquilo que não está massificadamente na mídia. Espero que esta conferência seja um sucesso na construção de formas de valorizar os produtores de cultura e criação de consumidores de artes”, destacou o prefeito.

O secretário de Cultura, Hélio Consolaro, lembrou que, no ano de 2012, a Prefeitura de Araçatuba investiu mais de R$ 5 milhões na Cultura, que é um valor histórico para Araçatuba.

DELEGADOS

Araçatuba elegeu cinco delegados para que a mesma seja representada na conferência estadual. Os representantes escolhidos para representar Araçatuba na conferência estadual foram: o diretor de cultura, Henry Mascarós; a chefe de serviço e apoio administrativo, Luana Clinéia Leite; o coordenador da oficina cultural Silvio Russo, Douglas Augusto Oliveira; o músico José Renato Gimenes Neves e Fernando Ítavo. Os delegados participarão da conferência estadual de cultura, a ser realizada até o dia 15 de setembro.

Os quatro eixos debatidos na conferência foram a Implementação do Sistema Nacional de Cultura - impactos da Emenda Constitucional do SNC na organização da gestão cultural e na participação social nos três níveis de governo (União, Estados/Distrito Federal e Municípios); a produção simbólica e diversidade cultural - o fortalecimento da produção artística e de bens simbólicos e da proteção e promoção da diversidade das expressões culturais, com atenção para a diversidade étnica e racial; cidadania e direitos culturais - garantia do pleno exercício dos direitos culturais e consolidação da cidadania, com atenção para a diversidade étnica e racial e Cultura e desenvolvimento - economia criativa como uma estratégia de desenvolvimento sustentável.


Em novembro, a cidade de Brasília sediará a 3ª Conferência Nacional de Cultura, quando os delegados estaduais se reunirão para debater o tema “Uma Política de Estado para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura".

Dia do Rock em Araçatuba

No último sábado, dia 13 de julho, o polo Sesc de Araçatuba promoveu na praça João Pessoa o Curto Circuito, o encontro da cultura rock de Araçatuba, como uma forma de comemorar o Dia do Rock.


Estiveram presentes as bandas Ovelhas Negras, Low Beach, Cigarros Índios, Os Patrões e os artistas Fabio Nagate e Paulo Brazyl. A participação expressiva nas apresentações mostraram que a cultura do rock é viva na cidade e que o seu valor cultural é valorizado. 

Apresentação da banda Os Patrões

Durante todo o dia o público pode conferir o resultado da oficina Light Stencil ministrada pelo artista Paulo Brazyl

Apresentação da banda Cigarros Índios

A intervenção Cellograffiti. O obra do artista Fábio Nagate fica disponível na praça João Pessoa em Araçatuba por tempo indeterminado

Apresentação da banda Ovelhas Negras

Banda Low Beach com seu tributo a Sublime faz a festa no palco Tom Jobim da praça João Pessoa