Pesquisar este blog

Festival do Balé Municipal no Vívere Eventi

Festival de Balé em 2011
Cerca dos 700 alunos do Balé Municipal irão se apresentar em festival na casa de espetáculo Vívere Eventi. Será um momento importante, quando as crianças terão a oportunidade de mostrar aos pais, parentes, colegas e público em geral as habilidades aprendidas. Haverá ainda a participação especial dos bailarinos Nina Queiroz da Silva e Pedro Henrique Pupa, vindos dos EUA para abrilhantar ainda mais o espetáculo.

A Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, tem previsão de gastar R$ 700 mil em 2013 com o Balé Municipal. Isso significa que cada aluno custará até dezembro mil reais. O mais importante: um investimento na formação de nossas crianças, de nossos jovens.

O dinheiro é aplicado na contratação da Academia Stella Maris para ministrar as aulas (feita por licitação), a compra de uniforme de uso durante as aulas e o figurino do festival que neste ano foi renovado.


Antes de Cido Sério ser o prefeito de Araçatuba, havia apenas uma sala de balé na Casa da Cultura Adelino Brandão com uma monitora (Vanessa Manarelli). Os pais compravam uniforme e roupa do festival, além disso promoviam festas para suprir as despesas que não eram bancadas pela prefeitura.

Com a nova administração, a partir de 2010, os pais não tiveram mais gastos. Vanessa Manarelli passou a ser a coordenadora do Balé Municipal.  Isso aconteceu porque houve a descentralização do balé, com a Secretaria Municipal de Educação construindo salas específicas em quatro escolas. O histórico de evasão na sala única do centro da cidade era acentuada na época da compra dos uniformes.

Sem medo de errar, pode se dizer que esse sistema adotado é único no Brasil, criado em Araçatuba para enfrentar as necessidades locais.

Devido à ambiência de dança existente em Araçatuba, o que as academias sempre sonharam se tornou realidade com a ampliação Balé Municipal: os produtos Capezio têm uma loja especializada na venda de produtos destinados ao balé, a loja "Dance Mais", que fica na rua José Pedro dos Santos, 318 - Araçatuba.

APRESENTAÇÕES:   
Dia 30/07 – alunos do CEMFICA (bairro TV)
Dia 31/07 – alunos da EMEB Egles Gabas de Carvalho (bairro Vista Verde - depois do conj. Hilda Mandarino) e da Casa de Culura Adelino Brandão (centro)
Dia 01º/08 – alunos da EMEB Fausto Perr (bairro Alvorada) e da Casa de Cultura Adelino Brandão (centro)

Também teve início em 2013 aulas de balé na Emeb Roseli de Oliveira, no conjunto habitacional Atlântico (Minha casa, minha vida, destinado a famílias com renda abaixo de três salários mínimos).
Está sendo construída para funcionar em 2014 uma sala na Emeb Antônio Rodrigues, no bairro Lago Azul.

Local do festival: Vívere Eventi
Horário: 20h


Distribuição gratuita de ingressos.

Cada aluno está recebendo 05 ingressos. Os demais interessados estão retirando até 02 ingressos (por dia de espetáculo) na Casa de Cultura Adelino Brandão, na rua Anita Garibaldi, 75

Figurinos

Foram confeccionados figurinos novos para todos os alunos. Estes figurinos apresentam relação direta com o tema do espetáculo “A Bela Adormecida”, são confeccionados com tecidos de ótima qualidade e bordados, além de contar com os adereços, meias-calça e sapatilhas.
Este ano também estão sendo feitos “tutu” prato (aquela saia que fica bem durinha) para as solistas.


Estrutura

Os espetáculos acontecerão no Vívere Eventi, espaço que comporta uma plateia de até mil pessoas para cada apresentação. A casa tem o maior palco da região.

Lá as crianças contarão com uma estrutura completa de funcionários: limpeza, seguranças e os professores.

O som e a iluminação estão sendo preparados especialmente para os espetáculos, assim como os cenários e a estrutura de palco (linóleo, coxias, cortina).


Como o número de crianças que se apresentam é muito grande, aproximadamente 700, os ensaios são bastante longos, e para que as crianças não sintam fome é servido lanche para todas elas, que também terão água engarrafada à disposição.

As crianças que moram longe do centro e fazem balé nas escolas municipais, ainda poderão dispor do transporte da Prefeitura para chegar até o local do espetáculo que também as levará de volta para a escola.