Pesquisar este blog

Primeira edição do Cenata foi um sucesso

"As Ameixas sobre o Tempo", da Cia. Farrapos Delirantes, de Americana/SP: 1ª Melhor Cena - Melhor Conjunto Estético - Melhor Ator - Allan Araujo 

A Mancomunados Produções Artísticas, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura realizou a primeira edição do Cenata de 18 a 21 de abril, que é o festival de cenas curtas de Araçatuba. As apresentações encantaram a todos os participantes, mostrando que os espetáculos foram de altíssima qualidade.
Entre quinta-feira (18) e domingo (21), 31 grupos e artistas de teatro de Araçatuba e de várias partes do País se apresentaram em cenas de 10 a 15 minutos, no Teatro Municipal Castro Alves. Eles foram avaliados por uma comissão julgadora formada por profissionais de notório conhecimento na área teatral, e que premiaram as melhores cenas e seus destaques.


A Secretaria Municipal de Cultura cedeu espaço para acomodação dos participantes de outras cidades se alojarem e funcionários em tempo integral à disposição dos organizadores do evento.

OS VENCEDORES          

O primeiro lugar ficou com a Cia. Farrapos Delirantes, de Americana (SP), com o esquete "As Ameixas Sobre o Tempo", levando R$ 500. A companhia também recebeu os troféus de Melhor Conjunto Estético e de Melhor Ator (para Allan Araújo).

A segunda melhor cena foi o drama "Cinese", do Grupo Sfogarsi, de Londrina (PR). O trabalho recria o universo feminino a partir das inquietudes da mulher, desconstruindo a ideia do sexo frágil e ingênuo. A companhia levou R$ 300. A Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos, de Botucatu, recebeu R$ 200, selecionada como a terceira melhor cena.

Equipe de alunos de teatro do Senac, que ajudou na prestação de serviço durante o Cenata
TROFÉUS

A melhor cena eleita pelo júri popular foi "Maria, Sou Eu", da Cia. Por Volta de Logo Depois, de Piracicaba. O grupo também recebeu o prêmio de melhor texto inédito, escrito por Alessandra San Martin.

Os troféus de melhor trilha sonora e melhor atriz, Pryscila Oliveira, ficaram com "Post Mortem (Performance Art)", do grupo Teatro PUC-PR, de Curitiba (PR). O Grupo Ágape de Teatro, de Tupã, teve eleita a cena com melhor pesquisa de linguagem, com a peça "Fragmentos de Ionesco".

O troféu de Melhor Direção ficou para Elderson Melo e Helder Miranda, por "Rabiscos - O Rascunho de Uma Sociedade", do Grupo Rabiscos, de Curitiba (PR). Com informações do Jornal Folha da Região.


"Histórias e Memórias", do Grupo Fênix de Teatro, de Tupã/SP