Pesquisar este blog

Araçatuba promove 4.ª Jornada de Literatura

Araçatuba vai viver a literatura mais intensamente no mês de setembro. Entre os dias 1.º e 14, a Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), vai promover a 4.ª Jornada de Literatura. O evento conta com os apoios do Sesc (Serviço Social do Comércio), da Diretoria  de Ensino de Araçatuba, da Academia Araçatubense de Letras e da União Brasileira de Escritores.

De acordo com o secretário de Cultura de Araçatuba, Hélio Consolaro, o grande diferencial deste ano é o fato de a jornada ter sido ampliada. Passou de uma para duas semanas de eventos.

Ele destaca este mudança foi motivada pelo crescente interesse dos escritores e do público. “A proposta  é apoiar o escritor de Araçatuba na produção de livros, divulgar a literatura local e dar oportunidade a todos para conhecer novas propostas com espetáculos e escritores de fora”, afirma o secretário.

PROGRAMAÇÃO
Na abertura acontecerá, no dia 1.º, no teatro municipal Castro Alves. Haverá apresentação do espetáculo “Acenando com Bandeira”, com Nando Luz e grupo da cidade de São José dos Campos. Será uma apresentação de músicas e declamações de poemas. Um momento de alegria e reflexão.

No dia 4, às 14h, o escritor paulistano Fernando Bonassi conversará com alunos da rede estadual de ensino no anfiteatro da EE Manoel Bento da Cruz; às 20h30, ele ministrará a palestra "O que um escritor faz para viver" no teatro municipal Castro Alves. O tema é provocante. 

No dia 8, o núcleo da União Brasileira de Escritores de Araçatuba fará um encontro de escritores da região no teatro Castro Alves. Entre os palestrantes está o escritor Menalton Braff. Na oportunidade, ele lançará dois livros: "Tapete de silêncio" e "O casarão da rua do Rosário". Braff também ministrará a palestra “Narrativa literária”.

Dia 12, o grupo Irarte, de São Paulo, apresentará a peça “Vidas Secas,” baseada na obra homônima de Graciliano Ramos no teatro Castro Alves.

Dia 13, às 18h, Araçatuba receberá a visita de Frederico Barbosa, poeta e coordenador da Casa das Rosas da Avenida Paulista em São Paulo, oficialmente conhecida como Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Ele trará a proposta de a Secretaria Estadual de Cultura criar o Centro de Apoio ao Escritor. E mais tarde, 20h30, falará aos presentes sobre o tema “Palavra/Impacto”.

Terminando a jornada, haverá a premiação do 25.º Concurso de Contos Cidade de Araçatuba com caráter internacional dentro do mundo lusófono.  Em seguida, haverá a apresentação da esquete “Reviravolta na fantasia”, texto de Laerte Silva Jr., direção de Paulo Sebastião. Ambos de Araçatuba.

“Também teremos o lançamento de três livros de escritores de Araçatuba, todos financiados pelo Fundo Municipal de Apoio à Cultura de Araçatuba”, enfatiza o secretário Hélio Consolaro.

Consolaro, acrescenta, ainda que as ações mais consistente da Jornada serão as visitas de escritores às escolas, tanto públicas como particulares. “Será um momento forte desse encontro e das crianças com o escritor vivo. Literatura é uma arte viva, feita por gente que já morreu, mas, sobretudo, por pessoas vivas.”