Pesquisar este blog

Muita alegria, muita música no aniversário do Madrigal Paralelus

Madrigal Paralelus no altar da catedral N.S.Aparecida em Araçatuba
Na noite de 22 de novembro de 2011, terça-feira, 20h, Dia de Santa Cecília - padroeira dos músicos -  a catedral N.S. Aparecida, Araçatuba, foi tomada por pessoas que gostam de música executada de forma erudita, pois o coral Madrigal Paralelus completava 35 anos. Havia brilho nos olhos. Todos com as melhores vestimentas para homenagear Mizue Sawada Orsuka, regente do grupo desde o primeiro dia.
Coral recepciona convidados
Uma experiência simples. Nasceu na Delegacia da Secretaria Estadual da Fazenda, Araçatuba. O coral é composto por 30 pessoas: donas de casa, educadores, aposentados, funcionários públicos, como dona Ignez Aparecida Bertoloti, recepcionista da Casa da Cultura Adelino Brandão, Araçatuba. Acompanhadas por músicos, dentre eles Maria Cecília Raab Rasteiro, pianista. O grupo está na faixa etária madura, de 50 a 75 anos.
Mizue Sawada Otsuka e marido, Kossei Otsuda


Dona Ignez, funcionária da Casa da Cultura Adelino Brandão
Encantaram os presentes, que tomaram todos os bancos, com gente de pé, com o seguinte repertório: Quem sabe, de Carlos Gomes; Marcha Triunfal", ópera Aída, de Giuseppe Verdi; Todo azul do mar, de Ronaldo Bastos e Flávio Venturini; Foi Deus quem fez você, de Luís Ramalho; Gloria in excelsis Deo, de Antônio Vivaldi; Amigos para sempre, de Andrew Lloyd Webber e Don Black. O grande destaque da noite foi a cantora lírica Neila Fontão. 


Neila Fontão, cantora lírica, destaque da noite
Coral no altar

Músicos


Secretário Municipal de Cultura, Hélio Consolaro; e Valdevino Bittencourt, 
secretário de gabinete do prefeito Cido Sério, de Araçatuba. Ambos representaram
o prefeito  

Público prestigiando o "Madrigal Paralelus"