Pesquisar este blog

Secretário pede reunião extraordinária do CMPCA para analisar proposta do Carnaval 2011

Araçatuba, 20/12/2010


Prezado Henry Mascarós

Presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais

Tivemos uma longa conversa, eu e o prefeito Cido Sério, sobre o Carnaval de 2011.
Procuramos analisar todos os lados do problema, buscamos experiências de outros municípios e chegamos à conclusão de que há mais pontos contrários à realização do desfile (Carnaval de rua) que favoráveis.

1. A atual gestão já demonstrou seu apreço pelo Carnaval de rua, investiu muito nele em 2009 e 2010, mas obteve pouca contrapartida pelas escolas de samba. Queremos investir, sim, mas de uma forma mais racional;

2. Em 2010, fizemos reunião de dirigentes de escolas de samba com SEBRAE, para que eles abraçassem o empreendedorismo, mas  a maioria dos dirigentes de revelaram avessos. A pergunta aos monitores do SEBRAE era saber quanto iam ganhar, sem propor o que podiam oferecer.

3. A administração espera que as escolas de samba em 2011 façam um trabalho de organização de si mesmas, fortaleçam a Assesa – Associação das Escolas de Samba de Araçatuba – para que esta administre o Carnaval de 2012. A Prefeitura de Araçatuba, Secretaria Municipal de Cultura, ajudará a Assesa a realizar o Carnaval de 2012, mas não administrará o evento, repassará recursos, mas não quer ser a única fonte financiadora.

4. Nessa tarefa de reorganização das escolas de samba, seus dirigentes e a Assesa terão todo o apoio da Secretaria Municipal da Cultura e da Prefeitura como um todo.  

5. Manteremos em 2011
a) bailes populares, com prêmios para cordões e fantasias
b) prêmio do samba-enredo
c) Escolha de rei, rainha (e princesas)
Diante disso, pedimos a V.S.ª que convoque extraordinariamente o Conselho Municipal de Políticas Culturais de Araçatuba para apreciar nossa proposta.

Cordiais saudações

Hélio Consolaro
Secretário Municipal da Cultura