Pesquisar este blog

Oficina de Folia de Reis

Oficina Cultural Sílvio Russo - Araçatuba
Nélson Souza Ferreira

Entre os meses de janeiro e fevereiro de 2011 a Oficina Cultural Silvio Russo, de Araçatuba, desenvolverá projeto especial relacionado a uma das mais marcantes manifestações folclórico-religiosas do Brasil, a Folia de Reis. Com coordenação de Cláudia Colli e Nélson Souza Ferreira a oficina, realização conjunta com a Secretaria Municipal de Cultura, pretende valorizar ainda mais a tradição da Folia de Reis em Araçatuba através de ações que culminem com a formação de um novo grupo.

125 anos
“Em Araçatuba existem duas companhias de Reis, "Estrela D’Alva" e "Estrela do Oriente". Um dado histórico muito importante é a data de existência da ‘D’Alva’, 125 anos, com todos seus rituais transmitidos de pai para filho por três gerações. Mas ao acompanharmos o desenvolvimento da Companhia de Reis em apresentações, percebemos que o grupo, em sua maioria, é composto hoje por pessoas idosas. O objetivo é preservar essa tradição na região evitando o eventual desaparecimento de sua prática”, justifica Cláudia Colli.

O projeto especial vem ao encontro da natureza do trabalho de formação cultural desenvolvido pela Secretaria de Estado da Cultura por meio da Oficina Silvio Russo, que integra a rede administrada pela Poiesis, Organização Social de Cultura. “Através desse resgate e reevitalização da Folia de Reis com novos praticantes, trabalharemos a sensibilização e formação de elementos que preservem e valorizem a riquíssima cultura popular da nossa região”, salienta Paulo de Carvalho, coordenador da Oficina Silvio Russo.


Teoria e prática
Com 25 vagas, a Oficina Resgate da Folia de Reis é direcionada a adolescentes e adultos e será às terças e quartas-feiras no período de 04 de janeiro a 22 de fevereiro de 2011, à noite. O desenvolvimento do projeto ocorrerá em quatro frentes: História da Tradição, Música Instrumental, Versos e Cantos, Coreografia.

Nas aulas sobre a História da Tradição, os participantes conhecerão a origem da Folia de Reis, a Folia de Reis no Brasil, locais onde ocorre a manifestação, as diferenças regionais, a Folia de Reis em Araçatuba, a conotação religiosa, as letras e versos da celebração e o resgate cultural atual. Nas aulas de Música conhecerão os diversos instrumentos musicais utilizados, algumas cifras e notas e ensaios para aqueles que já tocam viola, violão, cavaquinho e pandeiro.

Em Versos e Cantos, os participantes terão exercícios de rima e posteriormente versos improvisados. Nas aulas de Coreografia, aprenderão como encenar cada papel dos personagens que realizam a celebração, como os palhaços, os foliões, a porta bandeira, o puxador de canto. Toda a atividade será na sede da Oficina Cultural Silvio Russo e além dos coordenadores Cláudia Colli e Nélson Souza Ferreira terá a participação da dupla de violeiros Rui Aparecido de Souza e Antônio Maciel.

Inscrições
“Como o intuito a partir desse resgate é também formar um novo grupo adjunto à ‘Companhia de Reis Estrela D’Alva’, é importante que principalmente os jovens se interessem e participem dessa oficina especial. Porém como essa tradição folclórico-religiosa traz em si elementos de forte cunho cultural relacionados às áreas de música, dança e, mesmo, teatro, então músicos, bailarinos e atores também são fundamentais para o sucesso da atividade e muito bem-vindos”, reforça Paulo de Carvalho.
Os interessados em participar do projeto podem obter informações sobre as inscrições na OC Silvio Russo, rua Conselheiro Oscar Rodrigues Alves 169, centro, Araçatuba, telefones (18) 3625-5357 e (18) 3441-1488. Ou na Casa da Cultura Adelino Brandão, rua Anita Garibaldi, 75, 18 3636 1270. E-mail: secretariacult@gmail.com