Pesquisar este blog

1º Escambo Cultural neste sábado dia 12.




Acontece neste sábado dia 12, o 1º Escambo Cultural.
A idéia do evento é reunir pessoas para a troca de coisas e absorver arte. De acordo com o organizador do evento, Edi Barba, o encontro será para que as pessoas possam trocar coisas, sejam livros, gibis, roupas, objetos e etc., e que também possam apreciar ainda mais a cultura. O artista plástico Dukel estará expondo 15 obras que ficarão espalhadas na Praça Independência, local do Escambo.
A abertura está programada para as 17h (desconsiderar horário de 15h do cartaz anexo), horário marcado para que todos possam começar as trocas. Na seqüência, o músico Marco Ianer se apresenta tocando seu repertório de MPB. Em seguida o organizador que também é poeta Edi Barba e Nanu da Silva, os poetas marginais, sobem ao palco para declamar poesias.
O palco ficará à disposição do público para declamação de poesias e apresentações musicais, bastando apenas os interessados procurarem a organização.
Na programação também consta a exibição do curta metragem “Abra os olhos”, da Desata Conteúdo Produções.
Um detalhe curioso, que fará a diferença e a organização chama a atenção é que para as trocas o uso do dinheiro não existirá. A idéia é o uso da troca de um objeto por outro, sem comercialização de moedas. “Não vai rolar dinheiro”, diz Edi.

Abaixo a definição da palavra “Escambo” segundo o dicionário.

[Por *escambio <>
1. Troca direta de mercadorias, sem interveniência da moeda.
2. P. ext. Troca, permuta; câmbio.
Fonte(s): Dicionário Aurélio
Escambo é a primeira forma de negócio que o homem inventou, e representava a troca de um bem por outro.


Serviço: 1º Escambo Cultural
Objetivo: troca de objetos sem uso de dinheiro e absorção cultural.
Programação: Troca de objetos, exposição de obras de arte, apresentação musical, declamações de poesias e exibição de curta metragem.
Local: Praça da Independência
Dia: 12 setembro (sábado)
Horário: 17h às 21h