Acontece neste domingo (28), o projeto Teatro nos Parques no Zoológico Municipal

Neste domingo (28), no Zoológico Municipal Dr. Flávio Leite Ribeiro, que fica na Rua Avenida do Fico, s/n no bairro São Joaquim, acontecerá a 11ª edição do projeto Teatro nos Parques. Serão duas apresentações do grupo Cia. Cênica, sendo uma peça ás 11h e outra as 16h, com duas apresentações diferentes. Entrada Gratuita. Para mais informações entrar em contato no número (18) 3621-448.
   

28/08 - DOMINGO – 11h: Cia. Cênica: Por quê?    
Uma praça pública. Todos os dias, à mesma hora e ao som do violão do Sr. Coreto, quatro simpáticos senhores e senhoras, já idosos, reúnem-se para vivenciar situações inusitadas, engraçadas e profundamente alegóricas. Teatro, canto, dança e brincadeiras são atividades constantes no cotidiano destes personagens e que configuram seu universo lúdico, mas nem sempre harmonioso. O espetáculo aborda de modo delicado e bem humorado questões como a solidão, o medo, a amizade e o reinventar-se diariamente. Além de ter conquistado prêmios em inúmeros festivais de teatro e de ter sido apresentado no Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto (2014), o espetáculo é vencedor da Fase Regional do Mapa Cultural Paulista (2013), circulando por várias cidades do Estado de São Paulo.  
                                 

28/08 - DOMINGO –16h: Cia. Cênica: Sabiás do Sertão 
Contemplado por dois editais ProAC / 2014, eleito pelo público do Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte (2014) como o melhor espetáculo nacional, elogiado pela crítica e premiado em outros festivais brasileiros, Sabiás do Sertão trata dos expoentes maiores da música caipira, Cascatinha & Inhana, primeira dupla sertaneja formada por marido e mulher que, em sua trajetória, reverencia com primazia a cultura de raiz, o ser, estar e viver artista, o prazer da canção e do encantamento. O circo e o rádio, presentes na trajetória da dupla, são trazidos à cena por uma companhia ambulante de teatro, com artistas rapsodos que contam, vivem, tocam, dançam e cantam um pouco da vida e muito do rico repertório de toadas, guarânias, rasqueados, boleros, rancheiras e canções imortalizadas nas vozes destes “sabiás do sertão”.

Grupo Figueira da Viola "invadirá" o pátio do Museu Marechal Rondon neste sábado (20)




O Grupo Figueira da Viola se apresentará às 8h30, no pátio no Museu Histórico e Pedagógico Marechal Cândido Rondon, localizado na Rua XV de Novembro, 247, Centro. A classificação é livre e a entrada é gratuita. 

No pátio do Museu Histórico e Pedagógico Marechal Cândido Rondon, abriga uma belíssima figueira, na qual um grupo de músicos locais apaixonados pela música caipira o fez uma homenagem, a arvore batizando-o de Figueira da Viola.

Juntando a paixão pela música caipira e fascínio pela figueira, mensalmente, o conjunto se reúne para apresentarem-se ao público tocando o repertório os mais variados ritmos da música de viola, como toados, rancheiros, arrasta pé, rasqueado, guarânia, cateretê, polca, xote, chamamé e pagode de viola.

O conjunto que nasceu depois de algumas apresentações sob aqueles galhos, troncas e folhas, mas os integrantes já tocavam juntos desde os anos 1990 pela idealizadora do grupo Figueira da Viola, Manuela Sant’Ana, onde sempre organiza rodas de viola em seu quintal desde 1963 e permanece desde então.


Matéria: Leticia Prado


Thunderbird no Teatro Castro Alves

Informações retiradas do site do SESC.

Na próxima sexta-feira(19), haverá uma apresentação de capitaneada por Luiz Thunderbird, músico e VJ, vocalista da banda Devotos de Nossa Senhora Aparecida, o trio Tarântulas apresenta nesse show multimídia seu rock autoral e algumas canções do projeto Tarântulas e Tarantinos, no qual interpreta músicas das trilhas sonoras dos filmes de Quentin Tarantino. O evento acontecerá no Teatro Castro Alves (Rua Duque de Caxias, 29), ás 20h30. Os ingressos estarão dsponíveis a partir das 19h30 na bilheteria do teatro.

Informações sobre o evento: (18) 3608-4111 

Peça teatral "Urubú Come carniça e vôa!" será apresenta neste domingo(7), em Araçatuba


 
Neste domingo (7), acontecerá a peça teatral "Urubú Come carniça e vôa!". O evento será realizado no Teatro Castro Alves que fica localizado na Rua Duque de Caxias, 20 - Centro. Entrada franca. 
 
S I N O P S E:
Escritos crônicos e retratos da vida de um poeta pernambucano, negro, oriundo de MURIBECA, bairro periférico, que leva o mesmo nome do lixão em torno do qual o conjunto habitacional onde mora foi construído.
João Flávio Cordeiro, o MIRÓ DE MURIBECA, faz da poesia a maneira mais concreta de responder a violência sofrida e observada por ele cotidianamente.
Um artista intenso, crônico por natureza que, além dos escritos, traz no corpo e na palavra dita, uma visceralidade peculiar, que propõe novos olhares para um lugar onde “um sujeito pode bater no outro, só porque ele deu um riso!”, mas que, recheado de seu “alegrismo poético”, é capaz de colorir a tragédia e alçar vôos de celebração à vida.
Uma ponte, uma travessia até Miró, é o que o novo espetáculo do grupo Clariô propõe. Atravessando a palavra do poeta de corpo e órgãos, descobrindo musicalidades e gestos que traduzam/dialoguem seus ditos tão urbanos e sertanejos.
“URUBÚ COME CARNIÇA E VÔA!” é o que nos clariô nestinstante como chuva fina ao sol.

Acontece hoje a abertura do Festival de Música Instrumental de Araçatuba; Confira a programação


Hoje (05/08), acontecerá a abertura oficial do MIA (Festival de Música Instrumental de Araçatuba). O evento que está em sua segunda edição em Araçatuba será realizado na Praça João Pessoa, ás 20h. Gratuito.


APRESENTAÇÕES MUSICAIS


MAURICIO ZOTTARELLI QUARTETO
5/8 – sexta-feira – 20h

A mistura de samba, baião, maracatu, e ijexá com swing/bebop, fusion, rock/pop e ritmos latinos. Acompanhado de Bruno Migotto, Gustavo Bugni e Rodrigo Ursaia, Mauricio Zottarelli apresenta o encontro entre a música brasileira e a cena internacional, na sua originalidade de composições, arranjos, estilos e harmonias.




  



FULVIO OLIVEIRA TRIO
 5/8 – sexta-feira – 21h

Influenciado por Stevie Ray Vaughan, Jeff Beck, Jimi Hendrix, Carlos Santana e Eric Clapton, o power trio apresenta sua sonoridade vintage, canções originais e releituras de clássicos como “Black Magic Woman” (Santana) e “Come Together” (Beatles). O guitarrista Fúlvio Oliveira vem acompanhado pelos músicos Leo Baeta (bateria) e Cristiano Stellin (baixo).

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo fará audiência pública para decidir municipalização do Museu Marechal Rondon


A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo juntamente com a Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM) e o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), realizarão nesta quarta-feira (3), a municipalização do Museu Histórico e Pedagógico Marechal Cândido Rondon. A reunião acontece às 19h no Teatro Paulo Alcides Jorge, que fica localizado na  Rua Armando Salles Oliveira, s/n°. A municipalização é aberta ao público.

Será apresentada e debatida a proposta de ratificação da doação do acervo museológico e bens móveis de propriedade do Estado, instalados no equipamento.


Informações: (11) 3339-8231 | sisem@sp.gov.br | www.sisemsp.org.br

Edital nº 02/2016 do Programa de Fomento à Cultura de Araçatuba, cujo objeto é "concurso de apoio a projeto de modernização de corporação musical".





Araçatuba, 28 de julho de 2016.

Análise dos envelopes nº 1 (documentação) dos projetos inscritos para concorrem ao prêmio do edital nº 2 do Programa de Fomento à Cultura da Prefeitura Municipal de Araçatuba de 2016.


“CONCURSO DE APOIO A PROJETOS MODERNIZAÇÃO DE CORPORAÇÃO MUSICAL NO MUNICÍPIO DE ARAÇATUBA”



Proponente                      nº protocolo                módulo         situação

Associação de Artes e Música de Araçatuba


45335/2016

ÚNICO

HABILITADO

Circuito Cultural Paulista traz para Araçatuba a peça teatral "Cenas de uma execução"




O espetáculo teatral "Cenas de uma execução" acontecerá no dia 13 de agosto, ás 20h, no Teatro Paulo Alcides Jorge, que fica localizado na Rua Armando Sales de Oliveira, s/n°.  Baseado em fatos reais, o espetáculo conta a história da terrível batalha de Lepanto e da vida da grande pintora Artemísia Gentileschi, cuja história realmente merece ser encenada. Nas palavras do autor inglês Howard Barker, ela se torna Galactia, a pintora que desafia seu tempo e provoca o poder a repensar sua autoridade. Veneza do século
XVI se torna o cenário para uma tensão atemporal entre a ambição pessoal e a responsabilidade moral, entre as demandas do patrono e a autonomia da artista. Em cena, o humor, a ironia, a história de amor entre dois pintores, o embate de gerações e o amor à arte.

FICHA TÉCNICA: Autor: Howard Baker. Direção: Clarisse Abujamra. Elenco: Clarisse Abujamra, Oswaldo Mendes, Fernando Rocha, Mauricio Moraes, Malu Bierrenbach/ Lara Cordulla, Roberto Ascar, Amazyles de Almeida, Priscila Castello Branco e Fabio Arcosi. Voz em off: Leopoldo Pacheco. Trilha sonora: André Abujamra. Figurinos: Leda Senise. Assistente de direção: Vivien Buckup. Fotos: Ivan Abujamra. Administração e Produção executiva: Adriana Amorim e Yara Leite. Direção geral: Clarisse Abujamra. Foto: Ivan Abujamra.